Sr.G - Sue Hecker

Sinopse ->  Patrícia, mulher convicta das suas verdades, caminha pela vida como uma guerreira. Tem um objetivo a ser alcançado, do qual não abre mão nem por sua felicidade, que fica em segundo plano. Ela tem um grande amigo, que é seu companheiro e que faz dela sua confidente. Este relacionamento, uma espécie de simbiose entre ambos, desperta-lhe desejos de que, algum dia, um homem entenda e conheça essa ligação e conquiste a ambos, de maneira a compartilharem, todos juntos, uma maior intimidade. Para alguns, isto parece uma loucura, mas, para ela, será o seu nirvana, a chave para a felicidade. E apenas um único homem quase teve sucesso em alcançar essa comunhão, porém, o acaso e a vida fizeram com que houvesse um desencontro de seus destinos, unindo-os, novamente, dois anos depois do primeiro encontro. Esse homem, que a considera uma quimera e fruto da sua imaginação, será capaz de realizar os desejos, aparentemente improváveis, dela e fazer o que nunca homem algum conseguiu: chegar mais próximo do seu coração?

Bem, esse é o segundo livro da série mosaico.O primeiro O lado bom de ser traída já tinha marcado, não tinha? (Leia a resenha aqui)

 Se você, querida leitora, já tinha nutrido uma queda pelo Carlos Tavares, com os bônus que a autora colocou no primeiro livro da série, prepara-se para uma quedona desgovernada, sem controle, porque ele é... é... o que posso falar dele, da Paty também,  sem deixar de ser aquele 1%pura... OMG!

Eu amo ela, e adoro ele. Vamos começar dizendo que eu ri muito, com os dois, com a personalidade forte de cada um. Com o jeito.

O passado da Patrícia e forte, sua infância não foi legal. Mas ela cresceu! Eis que surge ela, uma mulher independente, que usa as próprias regras. Ela não entende o amor, como vou dizer... Bem, ela vê o amor como se visse um mostro. Tem seus motivos? Sim. Eu dou razão. Luta por sua autonomia. É uma daquelas personagens que eu queria que fosse gente de verdade pra poder abraçar apertado! E sério! Eu virei fã dela só pelo jeito que a guria chupa uma fruta tão... Comum!

Junto com ela está seu amigo o Sr.G! Quem é ele?! Um homem? Um amigo? Bem, eu não vou dizer, fica o mistério, mas posso dizer que ele é algo que faz Patrícia ficar revoltada! Com os cabelos arrepiados. Faz ela criar merecidas necessidades.

O Sr.G dela e autoritário. E ele vira fã de um certo homem. O Sr.G cria necessidades de um certo homem. E Patrícia sempre cumpre os pedidos do autoritário Sr.G!

Lembra que disse que ela fica revoltada? E por isso.

Como? Com quem?

Carlos Tavares. Esse nome responde tudo.

Exatamente ele! Quem é ele? Lindo, forte, protetor, inteligente, ele passa a gostar  do jeito que ela é. Sem restrições. Além disso ele é homem, com H gigante! Não só como homem, mas nas suas atitudes.

Vamos deixar um doce aqui. A autora mais uma vez criou o homem que todas as mulheres querem, de todas as formas. Que isso fique claro. Se você for um rapaz, um leitor, você vai querer ser ele, pela pessoa que ele é. E porque ele pega uma certa menina da pinta charmosa.

Ele vai atrás.  Ele não busca relacionamento, naquele momento busca ela, quer conhecer a fundo apenas uma. A sua menina

Um primeiro encontro... Depois outro, feito por ele.

Ela da o que ele quer.

Da muito!

Mas tudo que os dois tem, foge da monotonia. E tudo uma coisa nova, diferente, quente!  Era sexo sem compromisso. Patrícia e colocado dentro de tudo, mas não está sozinha. É química, é física, biologia, uma anatomia perfeita, tudo junto e misturado. Primeiro vem a paixão e o desejo, certo?

Patrícia começa a se assustar com ele tão próximo. Ela precisava saber se iria dar mais um passo, ou se ficaria no mesmo lugar.

Carlos não quer ser agora apenas sexo, não!!!

Patrícia o ganhou. 

Vamos dar uma pausa. Vamos entender que ele não quer ser mais um da lista dela. Isso mesmo que você leu, ela nega ele, Patrícia se fecha para ele. Eu confesso, quis nesse momento saber o que ela estava fazendo. Qual era a dela. Teve uma hora que fiquei com medo da briga que tiveram.

Ela queria dar um ponto final. Acabar. Destruir. Melar. Dar um Stop em tudo.

Carlos bufou.

Então o que ele iria fazer? Simples... Ele vai mostrar que quer, mostra que vai querer, vai estar ali.

Patrícia então decide se abrir.

E depois disso a coisa fica bem explicada. Você vai estar do lado deles, dentro do livro, quando isso acontecer.

Acredite.

Patrícia tem seus motivos. Lembra da infância? Então. Aí tudo vai se encaixar. Lembra da forma distorcida que ela via o amor? Então.

Eu disse.

Carlos cria os motivos dele para estar ao lado dela. Nesse momento eu queria que ele também fosse real, para eu poder abraçar ele.

E depois que ela levanta e pega a mão dele... Gente!! O que posso dizer? Patrícia vai atrás, pega o que é dela, pra ela.

Narrado pelos dois personagens em capítulos alternados o livro mostra por todos os ângulos, você entra muito mais na história com isso. E sabe o que isso provoca? Você imagina?

Eu imagino. Algo único. Há uma discussão muito interessante no livro, na verdade não só uma,  eu não quero falar diretamente pois é o que guia boa parte da trama, que foi lindo de ver. Não só do lado da Paty, mas dele.

Os dois tem tudo! Os detalhes de cada história, te deixa com o chão abaixo dos seus pés, mas tira o chão também.

Foi totalmente hot e sem pudor as cenas, sem deixar de ter bom gosto e sem vulgaridades. Mas, Sue, nossa amada autora. Ela voltou, mostrando que não era pra ser apenas uma boa história. A realidade puxando seu pé no livro.

Uma mulher vai se identificar com algumas coisas da Patrícia, tenho certeza!

Você pode adquirir o livro falando com a autora, através da Fanpage ->> Aqui
O ebook ->> Aqui